Em debate, Cida Borghetti defende a ampliação de obras de infraestrutura para fortalecimento da construção civil

Em debate, Cida Borghetti defende a ampliação de obras de infraestrutura para fortalecimento da construção civil

13 de setembro de 2018

A governadora e candidata à reeleição, Cida Borghetti confirmou nesta terça-feira (11/9) que seu plano de governo contempla ações para apoiar a indústria da construção civil, entre elas, as obras de infraestrutura que estão realizadas nas prefeituras paranaenses. “São mais R$ 5 bilhões em investimentos, a maioria em obras, que tem impacto muito positivo na construção civil e garante mais empregos aos paranaenses”, disse Cida na sabatina com os representantes das associações e sindicatos da construção civil, mercado imobiliário e engenharia.

Cida Borghetti reafirmou a disposição em manter o diálogo aberto para promover o crescimento social e econômico do Estado. “Todos queremos o melhor para o Paraná. Sou a favor do amplo diálogo, abri as portas do gabinete de governo para ouvir todos os setores da sociedade. Busco harmonizar diferenças para construir políticas públicas humanizadas que atendam aqueles que mais precisam”, afirmou.

Durante duas horas, Cida apresentou suas propostas para os próximos quatro anos, as principais realizações ao longo de sua gestão como governadora do Paraná e respondeu perguntas dos participantes.

A sabatina foi proposta pelo Sindicato da indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon- PR), Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR), Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR), Conselho Regional de Engenharia Agronomia (CREA) e Instituto de Engenharia do Paraná. Os proponentes entregaram uma carta com uma série de solicitações para fortalecimento do Estado.

Oitenta por cento dos pedidos já estão sendo atendidos por alguma ação do Estado. “Nossos principais objetivos são o aumento da renda média do paranaense, a atração de indústrias de maior complexidade- que alimentem e não sufoquem os demais setores econômicos já instalados, a distribuição mais igualitária do PIB e elevação do IDH nas regiões mais deprimidas”, explicou a governadora.

Os primeiros passos para a concretização da proposta já foram dados, afirmou Cida. Há pouco mais de uma semana, a governadora reestruturou o Conselho Estadual de Desenvolvimento Social e Econômico para troca de informações. Cida também garantiu o reforço das ações do Paraná Competitivo e diversificação do acesso ao crédito junto à Fomento Paraná para estimular micro e pequenas empresas. “O governo já prioriza o empreendedorismo e atuará de maneira mais direcionada para estimular o setor”, declarou.

Uma das maneiras é a ampliação dos serviços online oferecidos pelo Governo Digital para desburocratização e transparência na abertura e regularização de empresas. Também serão contratados técnicos para agilizar os trabalhos do Instituto Ambiental do Paraná para agilizar a emissão de pareceres. “Já autorizei a contratação de 130 profissionais para reforçar a equipe do IAP. Este é o primeiro chamamento em 23 anos”, ressaltou a governadora.

E a descentralização de licenciamentos co estimulo aos municípios para que assumam individualmente ou em consórcios.

A candidata também ressaltou os investimentos em infraestrutura que contribuem para que o Paraná se desenvolva, como a recuperação de asfaltos em todas as cidades paranaenses, investimentos no Porto de Paranaguá para melhorar o escoamento da produção e tornar os produtos ais competitivos, e os projetos para a construção do novo traçado ferroviário que irá unir Mato Grosso do Sul a Paranaguá. “Já iniciamos negociação com a Itaipu e o governo do Paraguai para criar um modal ferroviário entre Cascavel, Foz do Iguaçu e Paraguai pela segunda e terceira ponte que serão construídas”, contou.

Cida também apresentou seus planos para modernização dos serviços públicos, como desdobramento do Decreto de Desburocratização e Simplificação e garantiu a isonomia no Paraná. “Sou municipalista por isso promovo a descentralização dos recursos em todas as áreas para garantir melhor qualidade de vida a todos os paranaenses, sem distinção”, afirmou.  “Estou planejando o futuro do Paraná, a partir de um plano viável, com os pés no chão porque temos que ter muita clareza do que podemos e como fazer sobre muita pena de penalizar os paranaenses. Quem governa o estado, não governa para corporações somente, governa para os 11 milhões de paranaense”, afirmou.

Fonte: https://tnonline.uol.com.br/noticias/cotidiano/67,470488,12,09,cida-garante-apoio-a-industria-da-construcao-civil-no-parana